2 de fevereiro de 2021

Como o Minimalismo pode melhorar sua vida

 


Recentemente eu assisti ao documentário "The Minimalist - Less is Now" (2021) na Netflix, ele trata sobre o minimalismo e se conectou de maneira particular com o momento em que me encontro - um excesso de coisas acumuladas sem muito propósito. Explico, sempre me senti um pouco consumista depois de adulto, seja por minha condição "mão de vaca" quando não tinha meu próprio dinheiro, combinado com muita auto sabotagem financeira no melhor estilo "Eu mereço", "Só se vive uma vez", etc... Agora sou praticamente um acumulador, muitas roupas estocadas sem uso, muitos calçados usados apenas uma vez, muitos brindes (inclusive repetidos) que não fazem sentido ficarem estocados e sem uso, ocupando um espaço escasso e que frequentemente se torna um problema.

O minimalismo que surgiu como movimento artístico da década de 1950, teve seu sentido adaptado a um estilo de vida, muito associado ao Oriente e que agora de maneira bem atrasada começa a ganhar força no Ocidente. Basicamente, por se opor ao modelo de sucesso que seria ter dinheiro, acumular riqueza, possuir muitas coisas, ao invés de procurar ter um propósito, ser leve, flexível e livre! Enfim, é um conceito que te ajuda a distinguir o que realmente importa, o que carrega um propósito de existir e a se livrar dos excessos.

O alerta começou a tocar por aqui, em parte por causa do isolamento social que estamos vivendo, em que nos impedindo de sair, tirou o significado de ter diversas coisas estocadas esperando o melhor momento para usá-las. Repetir roupa que era um pecado mortal até então se transformou em um primeiro momento em uma outra armadilha: a necessidade de ter roupas para ficar em casa para economizar as roupas que eu tinha para sair.

O que acontece na prática é ter um guarda roupa cheio de peças que não me atraem mais e uma "eterna" repetição de looks confortáveis em casa tirados sempre do mesmo par de gavetas que mais tenho acessado.


"Muitas pessoas gastam o que não tem para comprar coisas de que não precisam para impressionar pessoas que elas não gostam" Quillen, Robert

Essa frase diz muita coisa e eu ainda acrescentariam, essas pessoas as quais você quer impressionar são as mesmas que estão muito ocupadas tentando impressionar as outras e não tem tempo de prestar atenção em você. Fiquemos com esse tapa na cara (na minha inclusive).

Com tudo isso entendido, nasceu uma nova angústia, me livrar de tudo que não tem propósito na minha vida. Numa ânsia desesperada de desapegar de várias coisas ao mesmo tempo em que martelavam os pensamentos de como fui tão trouxa para chegar a esse ponto. Eita!

"Meu guarda-roupa virou um grande acervo da vida que eu não quero mais ter!" Mamedes, Paulo

Mas você deve estar se perguntando? E ai vai parar de consumir a Moda que você tanto gosta? Claro que não! Mas fazer isso com mais consciência, entender que para apreciar um designer ou um bom desfile não implica que eu tenha que ter todas aquelas peças, consumir de maneira mais inteligente, buscando um propósito e utilidade para 80% das coisas e se permitir relaxar nos outros 20%. Pra mim esse modelo está fazendo mais sentido, nesse momento de desintoxicação. Fez sentido?

Cinco frases fortes sobre Minimalismo para você começar a refletir sobre o tema:

1 - Você não precisa de muitas coisas para viver e a maioria do que você tem é tralha.

2 - Minimalismo é um estilo de vida que também se aplica ao excesso de informações, calma, você não precisa saber de tudo, se posicionar em tudo ou ficar com medo de perder algo enquanto não está online.

3 - Não fique obsecado em ser minimalista, esse comportamento é prejudicial e te afasta do seu objetivo.

4 - Tenha um espaço para o ócio positivo, estar 100% ocupado demonstra que você não está focando no que realmente é importante.

5 - Quanto menos coisas você tem, mais valor está em cada uma delas, de menos espaço você precisa e com isso mais liberdade para mudanças em sua vida. 

Bônus: ao praticar o Minimalismo, você ainda está sendo mais sustentável, consumindo menos recursos do planeta e gerando menos lixo e desperdício.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo e deixe a sua opinião!

Pessoal os comentários são moderados, só aparecem após aprovação. Obrigado por participar!

Editor

Minha foto
São Paulo, Brazil
PÓS-GRADUADO EM MODA E CRIAÇÃO - Faculdade Santa Marcelina - SP personal stylist, CONSULTOR DE MODA e editor de moda