SPFW n44: O resumo da semana de moda mais importante do BR

Olá, pessoal! Eu adoro fazer esses textos de resumo... E chega ao fim mais uma SPFW - São Paulo Fashion Week, em sua 44ª edição, de v...

8 de agosto de 2008

Direito de ser cliente


O Direito do Consumidor do vestuário começa bem antes de qualquer vontade que ele tenha de trocar uma peça, seja por qualquer motivo. Antes de comprar o seu "must have" dessa coleção de primavera verão da moda masculina, fique atento para essas dicas abaixo:

Assim que um consumidor escolhe uma peça, ele deve consultar a etiqueta e verificar a composição da peça, e as intruções de lavagem e conservação. Mesmo que a peça seja importada, deve existir uma etiqueta com essas informações em português.

Saber a composição da peça garante uma certa segurança quanto a relação entre a matéria prima que o consumidor está comprando realmente custa o que estão cobrando e se não vai ocorrer qualquer alergia se o consumidor já conhecer alguma intolerância conhecida à algum componente do tecido.

Com sapatos, verifique atentamente o ajuste aos seus pés, e se eles não "pegam" ou machucam no calcanhar, dedos, etc... A fixação do solado, as costuras e acabamentos. E ao sair da loja confira se os dois pés do calçado são do mesmo número e se é um direito e um esquerdo. Nesses casos a loja faria a troca sem nenhum problema, mas evita o transtorno de retornar a loja, perder o tempo, passagem ou estacionamento, além de não poder usar o produto que estava a fim.

É imprescindível que o consumidor ao adquirir produtos para si mesmo, experimente-os, pois conforme muita gente desconhece a loja NÃO é obrigada a trocar mercadorias se elas não tiverem defeito nenhum. Ou seja, quando a loja troca alguma peça, porque você não gostou da cor, ou do tamanho ela está fazendo uma GENTILEZA para o cliente.

Quando se trata de promoções, outlets, bancas o cliente tem que triplicar a atenção, pois esse tipo de comércio entende que o produto será vendido no estado em que se encontra, por isso terá desconto. Mas o consumidor tem que ser informado desse fato, ANTES de efetuar a compra. E todas as operações tem que ter nota fiscal. Em São Paulo, aproveite para pegar a nota fiscal paulista, que entre outros benefícios, pode depositar uma parte do dinheiro arrecadado com o ICMS de suas compras em sua conta bancária.


O Procon diz que: "De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, no caso da peça apresentar vícios (defeitos) aparentes, o adquirente tem 90 dias para trocá-la e o estabelecimento, 30 dias para resolver o problema. Passado este prazo sem que o vício seja reparado, o consumidor tem direito a troca do produto, à restituição da quantia paga (atualizada monetariamente) ou o abatimento proporcional do preço."

De qualquer maneira o consumidor deve evitar sustar cheques ou deixar de pagar parcelas, o ideal é entrar em contato com o lojista para entrar em acordo.

Se a compra foi feita por catálogos, reembolso postal ou internet, é necessário guardar toda a documentação como recibos e notas fiscais e ficar atento na entrega, para garantir que é a mesma mercadoria escolhida.

Se houver algum problema ou arrependimento, o consumidor tem sete dias para cancelar a aquisição, a contar do recebimento do produto. O Consumidor tem direito a troca e mais ainda direito a restituição dos valores pagos. CUIDADO: normalmente os valores com frete não são reembolsados.

Tenha extremo cuidado com sites milagrosos que tem um preço muito abaixo do praticado pelo mercado, algum problema deve existir. Ou o produto é pirata, ou é contrabando, ou não terá nota fiscal ou ainda a empresa é fictícia e nem entregará o produto.

Abraços
Paulo Mamedes

7 comentários:

  1. Parabéns pelo post...todo mundo de olho já!

    Abração!

    ResponderExcluir
  2. Que legal...aprender Direito do Consumidor de uma forma tão legal!

    ResponderExcluir
  3. ótimo manual!!!!! adorei.

    bjs, helena

    ResponderExcluir
  4. olááá
    tu precisa de convite para o superex ou para a coquelux?

    ou de que maneira tu quer saber se pode comparar elas tb?

    ResponderExcluir
  5. Você é o máximo! Quem dera a maioria das pessoas pudessem ter acesso a essa postagem...

    Antes de saber o in e out, é preciso aprender a comprar direito!!!

    Abração e Boa semana!

    ResponderExcluir

Seja bem vindo e deixe a sua opinião!

Pessoal os comentários são moderados, só aparecem após aprovação. Obrigado por participar!

Editor

Minha foto
São Paulo, Brazil
PÓS-GRADUADO EM MODA E CRIAÇÃO - Faculdade Santa Marcelina - SP personal stylist, CONSULTOR DE MODA e editor de moda