26 de novembro de 2008

Pensamento (feminino) do Dia


Em uma conversa muito franca:
- Eu prefiro um homem lindo e magro, mesmo que depois eu tenha que pagar uma academia para o rapaz, do que um forte e feio, afinal, uma cirurgia plástica é bem mais caro... de qualquer modo elegância e bom gosto são indispensáveis em qualquer um dos casos.
Madame Vérité
(identidade preservada)

25 de novembro de 2008

Nasceu

Na FASM, nós temos uma matéria para apresentar um pré-projeto de pesquisa para a monografia, que é o trabalho final para a conclusão do curso e obter o título de Especialista em Moda e Criação, bacana né? Enfim, transcrevo aqui a introdução desse trabalho proposto. Abração e desejem-me sorte.

Através da História, o homem, como ser masculino, nunca teve problemas em mostrar ao mundo sua vaidade e utilizar todos os artifícios necessários para que essa mensagem chegasse aos outros com a maior clareza possível. O rei francês Luiz XIV, também conhecido como rei sol, os dândis, o cangaceiro brasileiro Lampião, entre outros, não nos faltam exemplos de ícones masculinos na história da moda.

Mais recentemente com o surgimento do movimento metrossexual, que foi rotulado pela primeira vez pelo jornalista Mark Simpson em 1994, a estética masculina ganhou um novo fôlego e atenções especiais do mercado, da mídia, dos empresários dos ramos da beleza, dos criadores de moda e principalmente da sociedade em geral. Evidenciava-se o narcisismo, a vaidade, o sentimento de inconformismo, de necessidade do novo, de experimentar adventos estéticos e novas formas de representação do seu próprio vestuário, mesmo que para isso regras até então reconhecidas como máximas da masculinidade tivessem que ser quebradas.

A gigante adormecida chamada vaidade masculina começava a despertar. E mesmo que o restante da sociedade visse com olhos reprovadores, repressores e desconfiados todo esse cenário, as mudanças seguiam em frente. Eis que atualmente, próximo da virada da primeira década do século XXI, depois da passagem da moda metrossexual, os homens continuam vaidosos, cheios de cuidados consigo mesmos e aspirando novidades.

Ao mesmo tempo, parece que os criadores de moda masculina ainda estão tentando encontrar um norte para conduzir os seus processos criativos e, ainda mais, driblar a rejeição dos homens mais convencionais e suprir as necessidades dos homens que estão antenados, cheios de informação de moda e ávidos por consumir uma moda fresca e nova.

Pensando nisso tudo, o trabalho proposto terá como tema as relações entre o conservadorismo e a inovação na moda masculina, suas diferentes manifestações no decorrer da história e sua possível evolução no futuro. Procurará estudar as limitações que interferem na aceitação do mercado das propostas mais vanguardistas dos criadores.

22 de novembro de 2008

17 de novembro de 2008

Isso é um Raport


Esse é meu primeiro raport (manual) e eram pra ser rosas... hauahauaha! Mas daí ficou muito difícil. Pra aula de amanhã!

14 de novembro de 2008

Por isso que acabou



Comme des Garçons com um terno de 299 e um cardigan de 59... tá barato né...

Não sei se é em dólar ou euro, mas mesmo assim... SUMIU! Fazendo promessa para que chegue logo a H&M no Brasil...

Divulgação no site men.style.com

As contas


1º Bimestre: Estética e Metodologia Científica (pré-projeto), 2 matérias, 1 seminário e 1 trabalho final cada uma.
2º Bimestre: História e Cultura de Moda com o João Braga (me divirto muito na aula dele) e Estamparia e Conhecimentos Texteis mais trabalhinhos e uma montagem de coleção na indústria textil, vocês sabiam que a cartela de cores na industria tem umas 60 cores...?
To atolado em trabalhos...
Na imagem um protótipo para a estampa que eu vou ter que apresentar na aula de estamparia, quando ficar pronto o raport eu tiro uma foto e mostro para vocês... já não tem mais nada a ver com essa primeira idéia a não ser que vai ter rosas... rs!

12 de novembro de 2008

Muito corpo e pouca roupa





























Miele (2), Blue Man(2), 284, Rosa Chá(2), Totem, Osklen(4), Moda Rua(3)!
As melhores fotos da moda masculina que apareceu no Claro Rio Summer, nas passarelas e na rua.
Abraços!
Paulo Mamedes.
Fotos: Erika Palomino, Chic e Uol.

11 de novembro de 2008

Vale?

Veja essa moda de usar cardigã sem camisa ou camiseta.
Acho um visual bem legal, mas não sei se seria confortável na vida real, né?

Abraços
Paulo Mamedes

Imagem: Uol - Moda de Rua

8 de novembro de 2008

7 de novembro de 2008

Coleção da Moda Brasileira

Olá leitores,


A Coleção Moda Brasileira tem cinco novos volumes - André Lima, Clô Orozco, Lenny Niemeyer, Marcelo Sommer e Reinaldo Lourenço. A série pretende traçar um panorama da moda contemporânea nacional registrando a trajetória de alguns dos mais importantes criadores. Assim como na primeira leva da coleção, estes títulos também foram conceituados de acordo com o universo criativo de cada estilista. Os livros trazem encadernação especial costurada e sobrecapa diferenciada para cada volume. Reunindo material fotográfico com cerca de 1000 imagens de aproximadamente 70 coleções, registradas por mais de 50 fotógrafos, todos os volumes incluem prefácio, análises de ensaístas convidados e cronologia.



A coleção, iniciativa inédita no mercado editorial brasileiro, traça um panorama da moda contemporânea através da trajetória de cinco dos mais importantes estilistas do país - Alexandre Herchcovitch, Gloria Coelho, Lino Villaventura, Ronaldo Fraga e Walter Rodrigues. Todos os volumes incluem cronologia detalhada, constituindo não apenas material de pesquisa fundamental para estudantes e profissionais da moda, mas motivo de deleite para qualquer amante da arte. Dá uma olhada no site da Livraria cultura Aqui.

Dá uma olhadinha em um capítulo do livro do Herchcovitch em Resenha!

Estou com essas coleções para vender com um SUPER DESCONTO:
Só tenho uma unica unidade de cada coleção e vou
vender cada uma por 100 reais.
Nas lojas está 199.
Quem tiver interesse deixa um comentário ou entra em contato por e-mail.
É uma super coleção!
Abraços.

4 de novembro de 2008

Sem confusão, sem saia justa


Aproveitando o ensejo do Prêmio Moda Brasil, resolvi presentear os meus leitores com esse pequeno guia fashion de sobrevivência com pessoas cujos nomes podem causar alguma confusão. Como não somos a Regina Cazé que já está acostumada a cagadas derrapadas fashion, vamos aprender juntos certo?

Então não confunda:

1 - Glória Kalil x Tania Kalil
2 - Dudu Bertolini x Duda Molinos
3 - Thiago Ferraz x Marcelu Ferraz
4 - Marco Sabino x Glauco Sabino
5 - Alexandre Herchcovitch x Joyce Pascowitch
6 - Regina Cazé x Tomzé
7 - Evandro Mesquita x Otávio Mesquita
8 - Marcia Cabrita x Marcia Mesquita
9 - Paulo Borges x Gustavo Borges
Abração
Paulo Mamedes

3 de novembro de 2008

A King55 está em promoção


A King55 está com Bazar muito bom!
Camisetas 29,00 e calças a partir de 99,00!

Editor

Minha foto
São Paulo, Brazil
PÓS-GRADUADO EM MODA E CRIAÇÃO - Faculdade Santa Marcelina - SP personal stylist, CONSULTOR DE MODA e editor de moda